Desconfiança

OI OI Gente! Tudo bem com vocês? 

Bom, vou fazer posts sobre desconfiança nos relacionamentos – Amorosos, familiares, trabalho e amizades. 
O post de hoje é sobre desconfiança no namoro. Algo que – acredito eu – todas nós vivemos, eu por exemplo, ainda tenho desconfiança do meu namorado por algo do passado, mas não deixo esse sentimento me fazer desistir de voltar a confiar totalmente nele. As vezes, em certas situações esse lado desconfiada meu prevalece e acabamos brigando. Isso prejudica muito, então vou tentar dar umas dicas para amenizar a desconfiança. Espero que eu consiga, então vamos lá.

Todo relacionamento tem desconfianças, mas será que vale a pena ? Vejamos.

Hoje, quando resolvi escrever esse post, descobri que, antes de tudo, eu deveria fazer uma ‘aula’ para poder falar com mais autonomia. Depois de uma longa pesquisa no Google (haha), percebi que escrever sobre confiança é discutir uma grande incógnita em todos os relacionamentos (e posso não chegar a lugar algum com esse texto). Por mais que as pessoas afirmam, atualmente, que confiam em seus parceiros com plenitude, sempre há um pé atrás em relação aos atos dos mesmos. 

De acordo com o dicionario, o significado de Confiança é :
s.f. Esperança firme em alguém, em alguma coisa: ter confiança no futuro.
Sentimento de segurança, de certeza, tranquilidade, sossego daquele que confia na probidade de alguém. 
Mas, na vida real é assim tão fácil? 

Quando ficamos completamente apaixonados – e digo apaixonados mesmo, com todos os benefícios e males que o amor pode causar a alguém – queremos, por mais inconsciente que seja, ter certeza de que a pessoa amada será completamente nossa. E só nossa! Mas com a internet e as facilidades que dela provém, a traição se torna rápida e imperceptível. Hoje é possível conversar com alguém no Whatsapp sem que ninguém desconfie de nada, marcar um encontro em qualquer lugar e depois nunca mais ver a pessoa, só para satisfazer o desejo, que é efêmero e rápido. Bem diferente do amor, que, conforme esperamos, deve durar para sempre. 
Mas até onde a desconfiança pelo outro vale a pena? Se você anda muito preocupada com isso, antes de fazer uma besteira, sente e converse. Em toda a relação devemos ter pleno conhecimento da vida do outro e liberdade para conversarmos de igual para igual. Ninguém é melhor que ninguém em um namoro, os dois estão ali, no mesmo barco, juntos, lutando pelo mesmo ideal. Logo, se você não tem liberdade o suficiente para conversar e deixar claro o que pensa, é melhor rever em que pé está essa relação. Claro que isso leva um tempo para nascer e se desenvolver. Se, de um lado, não há movimentação, então tome a frente você e comece a deixar espaço para que o outro chegue até você para conversar, deixando bem claro o que você realmente quer. 

Lembre-se: quando você se joga em qualquer casinho, você perde a possibilidade de se relacionar abertamente com outras pessoas (a não ser que vocês tenham algo aberto). Se ficar sempre prospectando por aí, o outro nunca conseguirá confiar em você também.

 

É complicado gostar de alguém e viver em dúvidas com relação ao próprio sentimento, coisas do tipo ‘será que tá valendo a pena?’ ou ‘tenho certeza que ele me traí’ só fazem com que você se sinta mais deprimida e insegura, o que gera mais desconfiança. Eu passo por isso quase todos os dias, se eu permitir isso me aflige 24hs por dia, mas tem horas que me dou um descanso, pois senão, terei um ataque cardíaco. 
Infelizmente, não vejo uma maneira de acabar com esse sentimento, mas sempre há formas de diminuí-lo. Ser transparente é o ideal. Mostre, sem vergonha ou medo algum, que você está ali com um propósito: amar e ser amado, unicamente, sem ninguém mais no meio. Fazendo isso, o outro, provavelmente, irá querer mostrar para você o que realmente quer.

Achei na internet um poema lindo que explica metaforicamente a confiança.

Confiar é andar na chuva,
Mesmo podendo adoecer
Confiar é apostar tudo,
Correndo o risco de perder
Confiar é dedicar-se,
Sem medo de fracassar
Confiar é ir contra todos,
E descobrir o que é amar
Confiar é dar espaço,
E ter a certeza de que não vão te trair
Confiar é decepcionar-se,
E mesmo assim não se deixar iludir
Confiar é ir atrás,
Mesmo quando te dizem não quero mais
Confiar é amar com a alma,
Sabendo que isso não morre jamais
Confiar é dizer posso te fazer feliz,
Ainda que pense que não tenho razão
Confiar é os erros perdoar,
Antes mesmo de pedirem perdão!

Ediel Caldas


Confiar é realmente complicado
, é se arriscar o tempo todo e andar por aí de olhos vendados. Mas são os grandes opostos do amor, basta você saber medi-lo e não exagerar nos atos. 

Bom meninas, esse assunto dá muito pano pra manga como diria minha avó, eu poderia fazer um post gigante sobre isso e ainda seria pouco, por isso vou parando por aqui, espero que com esse post, nós possamos confiar mais nos nossos boys sem ferver de ciumes todas as vezes que ele estiver online no Whatsapp e não falar com você, ou quando ele falar: ‘ vou encontrar com tal pessoa em tal lugar.’  Confiança é a base de tudo meninas.
Pesquisei quase o dia inteiro hoje para fazer esse post, muita coisa legal encontrei, copiei e colei algumas palavras aqui que realmente traduzem meu conceito de Desconfiança.
Caso ainda tenham duvidas sobre isso, podem me fazer perguntas nos comentários que terei prazer em tirá-las. 

Então é isso queridas… um beijo e sejamos fortes! 

– Compartilhem meu blog com suas amigas … ❤ 

 

d

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s